Personagens

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Personagens

Mensagem por Xande em Qui Fev 04, 2010 11:33 pm

Fichas, descrição e fotos dos personagens.

Xande
Maluco
Maluco

Mensagens : 578
Data de inscrição : 24/01/2010
Idade : 43
Localização : Kauhale

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens

Mensagem por Kerollany em Seg Fev 08, 2010 1:34 pm





Apos anos afastados ,nós elfos estamos curiosos e temerosos com a situação atual
dos nossos antigos aliados,uma guerra cerca esses povos e agora entre eles percebo
a nessecidade de ajuda-los, a ameaça dos orcs ainda nos aflinge, e com essa nova
visão acredito ter encontrado um forma de ajudar nossos antigos aliados e ao mesmo tempo
diminuir a ameaça ao nosso povo ja tão abatido com essas guerras antigas ,como diplomata
e como elfa vou até o fim em meu plano e espero estar certa e por fim ver nossos irmãos
em paz em nossa terra


Última edição por Kerollany em Qui Set 16, 2010 6:01 pm, editado 2 vez(es)

Kerollany
Noob
Noob

Mensagens : 59
Data de inscrição : 04/02/2010
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens

Mensagem por Theseu em Qui Fev 25, 2010 2:49 pm




Meu nome é Dench. Sou filho de um dos mais fortes e famosos orcs de toda a história de meu povo. Minha família vem de uma linhagem de grandes guerreiros e nos orgulhamos de jamais ter recuado de uma batalha. Pouco depois que fui posto nesse mundo, meu pai foi chamado a lutar pelos humanos. Eles parecem com macacos de poucos pêlos pra mim, mas meu pai diz que eles são muito mais que isso. Ele contou estórias sobre suas armas e sua maneira de lutar. Meu povo é um povo guerreiro e valente mas lutamos contra um inimigo que não conseguimos derrotar. A fome... Todo inverno muitos de nós morremos de fome e agora que os anões estão nas cidades humanas, sobra pouco para comermos. Alguns de meus irmãos estão fazendo coisas estranhas... Eles chamam de agra... agric... PLANTAR!! é isso, plantar... Eles aprenderam com os humanos. Ultimamente tenho pensado e acho que podemos aprender muito mais coisas com os humanos além de... plantar... Eles tem armas e armaduras fortes. Casas que andam na água com o vento. É por isso que estou indo para as terras deles... Se conseguir que eles me ensinem seus segredos, eu e meu povo seremos implacáveis!!!

Theseu
Noob
Noob

Mensagens : 43
Data de inscrição : 04/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens

Mensagem por San em Dom Fev 28, 2010 6:07 pm



Em um dia de outono no caminho Para a cidade de Andrade uma caravana estava acampando depois de um dia de caminhada longa. Montão uma tenda, acendem uma fogueira quando um dos cavaleiros percebe que esta em uma emboscada, uma batalha acontece na frente da princesa Maysa que estava indo ao seu casamento com o Capitão da guarda Andréia. O combate é sangrento, os Homens tentam pegá-la para usá-la, mas ela foge no meio da luta para sobreviver, corre entre as arvores da floresta tentando despistar os ladrões, algum tempo ela foge mais acaba torcendo o pé e caindo. Como não podia mais corre ela tentou se esconder dentro de um tronco de árvore muita antiga que ela avista, Lá ela fica em silencio esperando o tempo passar com medo de ser pega; o tempo passa e o dia amanheceu ela ainda assustada acordou com um inseto em sua perna, quando Maysa sai do tronco tem um homem observando-a vestido um traje estranho. O homem com aparência estranha que acaba ajudando-a com seus ferimentos e cuida deles por algum tempo; a Maysa acaba se apaixonando pelo Homem de nome estranho em uma noite; arrependida do que fez , Acaba pedindo para volta a cidade de Andrade rapidamente pois estava com saudades de sua família.Maysa volta a cidade de Andrade e se casa com o Capitão da guarda Andréia um homem já de idade que era viúvo mais não tinha nenhum herdeiro .Nove meses se passaram e nasceu um bebê moreninho que parecia pouquíssimo com o Andréia mais era amado, afinal era seu primogênito homem que se tornaria um guerreiro promissor lutava como os bárbaros mais com disciplina de um guerreiro.
Maysa amava seu filho,contava varias historia que seu marido não podia saber.Historias sobre o mundo aonde os Elfos ajudava-nos com seu poder e Magia e seu filho sempre dizia que um dia salvaria o mundo da mau com eles.
Alguns anos se passarão e a Maysa desapareceu de sua casa sem sinal de volta e o capitão Andréia enlouqueceu quando percebeu que não teria mais chance de achá-la depois de tanto tempo de buscas sem nenhuma pista,apenas aquela flecha estranha na janela.
Maysa dizia a seu filho que iria encontra os Elfos e voltaria...
Seu filho Sinclair começou seu treinamento,cedo com um pai competente ele logo aprendeu como é dura a vida de um guerreiro,se alistou e foi muito elogiado se tornando um orgulho para seu pai.
Sinclair acredita que sua mãe esteja com os elfos em algum lugar,e deseja achá-la de qualquer maneira.E se a magia realmente existe como nos contos de sua mãe ela vai salvar o mundo.-Será que esta é a esperança...

Fatos inportantes :A mãe da Maysa era de um clã de adeptas que foi criado quando os Elfos ensinaram magia aos humanos e poucas sobreviverão e passarão o segredo de mãe para filha .O Capitão Andréia era casado com uma mulher que tinha uma doença rara e iria morre se não fosse tratada adequadamente e contou com a mãe da Maysa para tratá-la, e no tratamento ele se apaixona pela Menina e quando sua mulher morreu,pediu a garota em casamento.O Capitão Andréia se convenceu que era exterior quando ele viu que só tinha um filho ilegítimo e não teve nenhum filho,mas amo o garoto como um.O Capitão Andréia e o melhor amigo do rei e mestre no ofício Venéfico e Construir armas.A arma predileta dele e o Machado longo a arma que Sinclair que aprender utilizar.

San
Noob
Noob

Mensagens : 32
Data de inscrição : 28/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens

Mensagem por Ragnar LodBrok em Ter Mar 23, 2010 11:18 am



Wallace Brichs, O Sorrateiro
Ladino 2º nível

História

- Ver tópico "O Sorrateiro e Sua Vida"

Ragnar LodBrok
Jogador
Jogador

Mensagens : 241
Data de inscrição : 15/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens

Mensagem por Marcelo em Sex Abr 16, 2010 8:27 pm



"Eric"- Tanariano

Decendente da casa Real da Tanária. Fujiu com servos, cresceu como um plebeu mas sabendo de sua herança. Mesmo aos 5 anos de Kirian soube como segurar seu medo diante da morte de seus parentes. Aprendeu a segurar a sua dor.
Cresceu entre os refugiados de seu povo, entre as parias do furto fez seu ganho, mas lembrando de seus iguais sempre dividiu com quem nada tinha. Buscou o conhecimento do povo, dos sabios na verdade de todos e tudo pois espera que um dia seu reino esteja livre, nem que seja outro no trono que seria seu lugar.

Marcelo
Jogador
Jogador

Mensagens : 184
Data de inscrição : 21/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rassan Alkasin (nightshade)

Mensagem por Ravnos em Dom Jun 27, 2010 7:13 pm



Rassan Alkassin "Nightshade" ( 17 Anos | Duelista )


Que A graça de Aor esteja com todos...
Meu nome é Rassan Alkassin, nascido e criado em Salaka e atualmente tenho 16 anos mas muitos ideais a colocar em prática. Sou da família Alkassin, uma família de comerciantes de Salaka, mas o que muitos não Salakianos não sabem é que minha família é composta tambem de grandes guerreiros dervixes e cruzados de Aor, fui educado nesta fé e ensinado queque Aor brilha para todos mas também ensinera quem o desafia.
Abdalatif Alkassin, meu pai e chefe da família Alkassin, é um dos grandes nomes de Salaka e de certa forma era o que os outros povos chamam de General e líder religioso do lugar, fui ensinado e treinado por ele, não só com armas mas também com conhecimento sobre comércio, marinhagem e informações sobre o grande teste imposto por nosso grande deus Aor...Os Khandris. Abdalatif foi um dos responsáveis por deter a ultima investida Khandre ao nosso povo antes de haverem negociações comerciais entre nossos povos e devido a uma flexa que atravessou seu joelho esquerdo, não é mais um guerreiro pois seria um peso no campo, logo dedicou a sua vida ao comércio e a criar uma família, protege-los e ensina-los da melhor forma possível. Quando completei 13 anos já tinha todo ensinamento necessário para ser um bom Alkassin e embarquei em uma viagem de negócios em um navio de um amigo da família, Abdul Farid um grande negociante e marinheiro, aprendi muito sobre comércio e navios com ele em pouco tempo, viajamos por varios lugares e até mesmo até a terra dos Khandris onde vendiamos muitos tecidos, temperos e comidas, mas naquela noite Abdul recebeu uma menssagem e com uma feição desacredita proferiu a seguinte frase: "Rassan, você precisa voltar para casa, sua mãe (Elmira) e sua irmã (Farah) foram mortas em uma invasão Khandri em um vilarejo ao sul de nossa terra". Neste momento fiquei sem palavras, era como se o mundo tivesse desabado em minha cabeça, senti como se todas as preces que fiz a Aor todas as manhãs não fossem atendidas, cai de joelhos no chão e não pude conter minhas lágrimas, Abdul me levou de volta para o navio pois poderia chamar atenção dos Khandris o meu desespero, no mesmo dia iniciamos nossa viagem de volta para casa e ao chegar encontrei meu pai e tinhamos algo a fazer, prantear nossa família.
Após 1 ano da morte de minha irmã e minha mãe e de um longo treinamento, já era um bom duelista de sabres, com todas as fibras de meu ser e a glória de Aor consegui ser o duelista de sabres mais jovem da região e conheci uma parte da fé de Aor que já havia sido me ensinado e como um forte raio de sol eu e meu novo grupo formados de cruzados de Aor insineramos os Khandris do lugar antes que pudessem se quer pedir por reforços, mas Aor me dizia em meu coração que não tinha acabado e que muitos outros Khandris deveriam sentir a mesma fúria do deus sol, mas que também tomasse muito cuidado para não cometer um Haram, pois haviam pessoas inocente do lado deles que ainda não haviam sido corrompidas por suas mentes e seus deuses corrompidos. Meu pai vendo que sua unica filha havia falecido, resolveu aumentar a família com sua 2ª esposa Ishtar e nasce Isis minha irmã mais nova, meu pai resolve que Isis será uma sacerdotisa de Aor e começa os preparativos para sua educação e estudos intensos no futuro.
Naquela manhã, fui abordado por um homem no porto, ele disse que observara meu trabalho durante um tempo e que queria que fizesse parte de seu grupo de mercadores, fiquei feliz com aquela oportunidade, pois o homem parecia ser de bom coração e pagava muito bem, depois de falar com meu pai decidi partir nauqela embarcação e em uma determinada noite aquele homem me esclareceu que eu não estava ali pra navegar e que acompanhou o ataque aos Khandris que fizemos no vilarejo aquela noite, inicialmente fiquei assustado pois achava que havia sido pego, mas a conversa se desenrolou e ele me disse que que fazia parte de um grupo de resistência contra os Khandris chamdo "Os Fantasmas", logo gostei muito da idéia e vislumbrei uma oportunidade de em fim fazer com que aqueles desalmados queimassem no mármore do inferno, nós agiriamos pelas sombras, como naquela noite no vilarejo, não poderiamos ser vistos e sempre atacar na hora certa. Fizemos enumeras sabotagens e pequenos ataques a embarcações Khandris, nosso navio de dia era um simples navio de comércio, mas a noite parecia um verdadeiro navio fantasma pois era mais veloz que de dia, velas negras como a noite e silencioso como um felino, depois do ultimo ataque que fizemos na surdina ganhei meu codenome no grupo, Nightshade, naquela noite afundamos 2 embarcações Khandris que transportavam armas para um outro lugar, esse acontecimento chegou aos ouvidos de pescadores e o acontecido ficou conhecido como "O ataque dos fantasmas do grande mar".
Ao desembarcamos tivemos reforços para nossa rebelião, no início achei estranho pois o 1º reforço foi um Orc...SIM! UM ORC! que no futuro me dará grandes exemplos do que fazer e do que não fazer tambem, o 2º reforço era uma mulher misteriosa e sempre encapuzada, nunca fiz mensão de lhe perguntar nada, ter uma mulher no seu navio já era sinal de má sorte, o 3º reforço era um caçador experiente que nos ajudaria muito com seus conhecimentos do mundo selvagem, bom....por enquanto é tudo, mas penso em escrever um livro sobre tudo o que esta acontecendo no momento e tenho certeza que uma nova amiga que conhece bastante de história e ruinas vai me ajudar a concretizar isso, mas até lá espero ficar vivo...

Que Aor abençoe os povos e esmague com todo seu poder e glória os Khandris e seus falsos deuses!

Ravnos
Noob
Noob

Mensagens : 45
Data de inscrição : 09/02/2010
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:16 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum