História

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

História

Mensagem por Xande em Ter Jul 20, 2010 8:52 pm

Inicialmente vamos a um resumo dos principais acontecimentos em Faerûn desde o ano de 1374 CV, ano da ascenção dos novos deuses dos Angani. Que os dias vindouros sejam numerosos e prósperos!

1373 CV – O Ano dos Dragões Ladinos.

Alaka'i, Kaulike, Kahuna, Koa, Maika'i e Manu ascendem como semi-divindades dos Angani nas diantes ilhas de Ardhi-Ya-Angani (o Arquipélago Celeste).


1374 CV – O Ano das Tempestades Elétricas.

Faerûn é atingida por uma tempestade de raios da extensão de todo o continente. Alguns destes raios deixam crateras na terra como se fossem causados por uma longa chuva de meteoros. Em uma série de visões, Bahamuth e Tiamat instruem seus respectivos seguidores a procurarem por estes locais, pois cada um deles possuia um ovo de dragão em seu interior.

(mais detalhes sobre este ano será postado aqui)


1375 CV – O Ano da Ascenção dos Elfos.

30 de Eleint: um longo terremoto atinge Águas Profundas logo após o a madrugada. A cidade sofre poucos danos físicos, mas algumas pessoas pela cidade são afetadas por espantosas visões mentais de um homem barbudo gritando e cujos olhos brilhavam com fúria, mágoa e estrelas flutuantes – Halaster, o Mago Louco da Montanha Subterrânea. Pessoas com habilidades arcanas afetadas pelas visões também reportaram cenas de destruição no vasto labirinto: colunas rachando e desmoronando, rachaduras e brechas se abrindo e repentinas explosões de centelhas brancas azuladas. Logo se tornou claro que Halaster se destruiu enquanto tentava realizar um ritual de tremendo poder, e no momento de sua morte disparou visões e misteriosas compulsões em aventureiros e pessoas de poder mágico por toda Faerûn.

20 de Nightal: Lolth e Eilistraee batalham até a morte em um jogo divino de sava, com o destino dos drow na balança. Um Darksong Knight a serviço de Eilistraee mata Selvetarm, Campeão de Lolth, com um artefato conhecido como a Lâmina Crescente. Seguidores drow de Vhaeraun empregam Alta Magia pela primeira vez desde a Descida. Eles obtêm sucesso em abrir um portal[ para o reino de Eilistraee, o qual o Senhor Mascarado emprega na tentativa de assassinar sua irmã. O tiro saiu pela culatra, pois é Eilistraee quem mata seu irmão ao invéz disso. A Igreja de Vhaeraun é absorvida pela igreja de Eilistaree. A Igreja de Selvetarm é absorvida pela Igreja de Lolth.

(mais detalhes sobre este ano será postado aqui)


1376 CV – O Ano da Lâmina Torta

As Brigadas Mascaradas da Corte Élfica são extremamente afetadas pela destruição de seu deus, e as forças de Mith Drannor logo expulsam os remanescentes da casa Jaelre e do Clã Auzkovyn da Corte Élfica. Com seus aliados drow espalhados e desorganizados, Fzoul Chembryl do Forte Zhentil decide terminar sua guerra contra Myth Drannor. O Tirano do Mar da Lua conclui uma instável trégua com Ilsevele Miritar, deixando a floresta para os elfos enquanto Colinas Distantes e as Cataratas da Adaga formalmente caem sob domínio do Forte Zhentil. Em adição, os elfos garantem à Rede Negra passagem livre através do Percurso do Mar da Lua e es Estrada de Rauthauvyr, enquanto eles não derrubarem uma árvore viva, maltrate ou mate um elfo e se afastem mais de trinta passos da trilha sob as árvores.

Estranhas criaturas chamadas nilshai são encontradas em massa na Floresta Yuir de Aglarond, geralmente próximas aos velhos menirs élficos. Relatórios das depredações das criaturas são de chocantes sanguinolências, fazendo Simbul ordenar uma recompensa pela pele dos nilshai.

A Swordbelt Alliance saqueia a cidade subterrânea de Oaxatupa, dispersando os tlincallis (povo escorpião). Nos anos que se seguem, os tlincallis emergem para atacar alvos por toda Amn e Murannheim sem aviso, forçando as duas vizinhas a manter sua instável trégua. Embora a Arsenal de Nedeheim nunca tenha sido encontrado, os aventureiros retornam da arruinada Oaxatupa com relatórios de um portal para o Abismo de onde servos demoníacos de lorde demônio Obox-Ob continua a mandar suporte para os tlincallis. O Conselho dos Seis instituem um pesada taxa de guerra sobre Amn em preparação para anos de guerras.


1377 CV - O Ano da Assombração

A Srinshee retorna a Myth Drannor e oferece Ilsevele Miritar a Lâmina dos Governantes em reconhecimento de sua sabedoria e resoltuta liderança na refundação do reino. Ilsevele humidemente aceita a Lâmina dos Governantes e toma o tútulo de coronal. A rainha Amlaruil chega para congratular a nova coronal e traz com ela a Árvore das Almas como um presente ao novo reino. O artefato é plantado dentro de um anel de colunas no coração da cidade, conhecido como Seldarrshen Nieryll, o Santuário da Alma Estelar

Seguidores de Kiaransalee fazem com que as energias conhecidas como faerzress através da Subterrâneo afetem as habilidades dos drow de se teleportarem ou empregar magia divina. Na esperança de reverter o efeito, seguidores de Eilistraee lançam um ataque sobre as Matronas de Kiaransalee, que governam a Acrópole de Thanatos, entre as ruínas de V'elddrinnsshar, nas profundezas abaixo das Montanhas Galenas. Ao mesmo tempo, Q'arlynd Melarn e seus aprendizes empregando seis pedras kiiras de Miyeritari, conjuram Alta Magia para banir o nome de Kiaransalee dos Reinos. Desprovida de seguidores, a Ressurgidora desvanece da existãncia.


1378 CV - O Ano do Caldeirão

Um cultista louco de Memnon em Calimshan tenta instigar uma guerra santa em nome do efreet aprisonadon. Após algum sucesso em recrutar o início de uma grande armada em Calimporto e saltear desde a Costa da Espada até o distante norte, o cultista Roshanak tem um sonho tão assustador que ele abandona seus esforços. Roshanak desaparece para um destino desconhecido.


1379 CV - O Ano da Fortaleza Perdida

A colonização de Amn em Chult finalmente começa a dar retorno ao investimento feito em navios, homens e ouro. Uma tribo inteira de humanóies selvagens é transplantada das profundezas das selvas e estabelecidas em um reserva engaiolda na cidade Amn de Athkatla. A doença parasitária que varre Athkatla em 1379 e finalmente mata um dos membros do Conselho dos Seis é associada à presença da reserva, mas antes que os selvagens possam ser erradicados, eles escapam para o interior de Amn.

Lolth planeja novamente contra seus rivais no panteão drow. A Rainha Aranha tenta destruir Ghaunadaur, mas ele prova ser um poder mais forte e mais antigo do que Lolth imaginava. O deus do lodo abandona o Foço das Teias Demoníacas e vai para as Cavernas Profundas.

Um espião netherese é preso em Suzail; A princesa Alusair Nacacia Obarskyr enforca o espião em praça pública. Este evento desencadeia um curto conflito com os Vultos, que vem a ser conhecido como a Guerra dos Quatro Dias.

Após anos de pequenas guerrilhas, a conquista de Mulhorand sobre Unther é completada. Messemprar cai diante da última leva conquistadora de Mulhorand, o gigante que, adormecido a tanto tempo, agora se contenta digerindo seu novo império; Threskel é consolidada sob o governo do dracolich Grande Osso, com o suporte de Thay e da Igreja de Bane, enquanto Tchazzar, o Sceptenar de Cimbar, consolida seu domínio sobre o resto de Chessentha. Em adição a pequenas guerrilhas por toda a fronetira dos três reinos, regulares revoadas de dragões trazem destruição no coração dos três reinos


1380 CV - O Ano da Mão Flamejante

O canal ligando o Lago do Vapor e o rio Corrente Naga é finalmente terminado, ligando o Mar das Estrelas Cadentes e o oceano ocidental.

O Alto mago Araevin Teshurr completa a restauração do mythal de Myth Drannor e, após visitas à Águas Profundas, Aglarond e Sildeyuir, vai para o escondido reino de Auseriel. Lá ele encontra e se torna amigo do Príncipe Lamruil. Os dois elfos deixam Auresiel sob os cuidados do senescal de Lamruil e partem em busca da desaparecida princesa Maura, seguindo a trilha baseando-se na misteriosa profecia revelada pela magia de Araevin.


1381 CV - O Ano da Fome

Um estranho frio congela o chão de boa parte do norte de Faerûn, no mês de Mirtul, arruinando plantações e pastagens de animais em muitos lugares. A resultante queda da produtividade leva muitos à fome em centros urbanos através do continente. A morte por inainção e desnutrição afeta mesmo as maiores e mais ricas cidades, especialmente em Thesk. A fome acelera a rmigração Shou para fora da região.


1382 CV - O Ano do Brazão Negro

Manto Estelar e Portão Ocidental assistem a um aumentado tráfego de Shou através do mar das Estrelas Cadentes vindos de Thesk para o oeste. Reconhecendo a oportunidade comercial implícita no movimento de uma população tão grande, ambas as cidades procuram se retratarem como o porto de destino para os imigrantes.


1383 CV - O Ano do Guerreiro Vingado
A cidade durpar de Vaelan se torna conhecida na grande Faerûn por sua exóticas formas de arte corporal, que vão além de meras tatuagens e piercings. Por uma taxa considerável, artesões em Vaelan oferecem cauterizar membros com “cristais vivos” que melhoram não apenas o visual do usuário como também, de algum modo, seus talentos.

Moradin lidera os deuses reunidos da Casa Anã em uma cruzada contra os poderes negros de Martelo Raivoso. Gorm Gulthyn e Haela Brightaxe tombam em batalha, mas Moradin destrói Laduguer e Clangeddin mata Duerar das Profundezas. O plano de Martelo Raivoso desaparece no plano Astral, sob os sons dos hinos de batalha dos vitoriosos deuses anões.

A Guerra do Ouro e da Escuridão chega um fim inexperado nas cavernas da a muito abandonada Barakuir. Durante o decorrer da grande batalha entre os Exército de Ouro e o Exército de Aço, os cruzadfos da Grande Fenda descobrem uma coleção de antigas pedras rúnicas detalhando o destino do Clã Duergar e a traição que levou à queda de seu reino. Esta descoberta, a muito perdida, incita os ladrões de conhecimento illithids de Oryndoll a liberar um exército de asseclas contra ambas as hostes anãs, embora os anões cinzentos sofram a maioria das baixas. No fim, os anões perderam metade do seu número, mas os asseclas de Oryndoll são esmagados. Em um inexperado ato de compaixão, o comandante do Exército de Ouro oferece aos duregars sobreviventes um lugar dentro de sua companhia. O unido Povo Robusto então marcha para oeste para o interior da arruinada Shanatar, na esperança de reclamar um bastião satisfatório para repelir o inevitável ataque illithid que virá.

1384 CV - O Ano dos Três Fios de Sangue

O recém coroado rei de Cormyr, Azoun V, tenta oficializar um Decreto Real que concederia a “homens livres” o direito a uma audiência diante de outro “homem livre” em face a uma acusação de injúria, mesmo se a acusação vier de um nobre. Diante de dura resistência de cada aristocrata em Cormyr, Azoul V não leva adiante o decreto. Entretanto notifica os nobres de seu reino de que um dia ele irá simplesmente ordenará tal decreto, não importa a resistência que eles oefereçam.

Siamorphe entra em disputa com Tyr quando os deuses tomam diferentes lados em um conflito entre forças Tethyrianas e Calimshitas. Ela se retira da Casa da Tríade e se junta à corte de Sune em Água Brilhante. Tyr envia Helm para pleitear seu caso com Sune. A deusa do amor sugere um casamento entre Tyr e Tymora para colocar os planos celestiais em equilíbrio novamente. Helm leva a sugestão de Sune para Tyr e inicia um cortejo entre Tyr e Tymora. Estranhos e fatais enganos levaram a acusação de que Helm roubou o coração de Tymora enquanto levava os presentes e sentimentos de Tyr. Uma interpretação estrita de seus próprios ideais força Tyr a desafiar Helm, e Helm é obrigado por seus próprios ideais a aceitar o desafio. Os dois deuses batalham, e Tyr mata Helm antes dos deuses apelarem para seus sensos. De coração partido, Tymora acompanha Tyr até a Casa da Tríade. Embora nada possa ser provado, os deuses sentem a mão de Cyric na morte de Helm.

Com a Tríade partida por causa da morte de Helm, Ilmater escolhe remover seu domínio da Casa da Tríade. Ele estabelece seu reino celestial em Água Brilhante sob o convite de Sune.


Última edição por Xande em Dom Jul 25, 2010 4:14 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Xande
Maluco
Maluco

Mensagens : 580
Data de inscrição : 24/01/2010
Idade : 44
Localização : Kauhale

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum